All I need is a miracle

Mas não há como negar: existe uma certa sabedoria popular em All I need is miracle, a faixa cuja letra abre este texto.

Maior Menor
Por 18 de Janeiro de 2018

.: Viagens com o meu pai
.: Penny stock
.: Tendência natural
.: Decisão de compra
.: Advogo por boas empresas

00:12 - Viagens com o meu pai

No carro do meu pai só havia três CDs, que se alternavam repetidamente no rádio ao longo das viagens.

Na verdade, havia mais de três, mas a sensação auditiva era de que os demais não existiam.

Perdi a conta às vezes que ouvi Peter Frampton, Mike and the Mechanics e os The Police. Sim, era praticamente um festival de rock britânico.

Mas não há como negar: existe uma certa sabedoria popular em All I need is miracle, a faixa cuja letra abre este texto.

01:34 - Penny stock

Não há erro. De todas as vezes que uma penny stock qualquer – aquela ação popular nos fóruns – disparar algumas dezenas, às vezes centenas, de percentuais, seremos imediatamente cobrados:

“Como assim, não recomendaram Grão-Pará?

Subiu mais de 100 por cento hoje. São profissionais ou não?”

A tal ação, desprovida de qualquer fundamento e estimulada por uma especulação qualquer, dispara e a mesma pessoa que havia criticado passa a sentir-se aliviada.

Andamos todos à procura de um milagre.

02:32 - Tendência natural

O meu ponto é que temos a tendência natural para sofrer sobre ganhos potenciais. Chamo-lhe aqui potenciais, mas o leitor nem ponderou seriamente investir no papel…

O pior é que, agora, está mais inclinado a arriscar num tiro de sorte.

Reforço: deixar de ganhar e perder são coisas completamente diferentes.

Se transformar €100 mil em €200 mil com as minhas recomendações, não será, em termos práticos, a mesma coisa que perder tudo.

Perdas de 100% não equivalem a ganhos de 100%.

Em rigor, estudos em finanças comportamentais sugerem que a perda tem um impacto 2,5x mais forte do que o mesmo ganho.

Perder €1 causa-lhe uma dor 2,5x mais intensa do que o benefício de ganhar €1.


Recomendado para si

As melhores ações para lucrar em 2018

Faça parte do seleto grupo de pessoas que obtém retornos extraordinários investindo no mercado bolsista.

Saiba Mais


 

03:04 - Decisão de compra

Em todas as decisões de compra de determinado ativo, o investidor precisa perguntar-se não somente o quanto vai ganhar/ganhou, mas também a que nível de risco estará/esteve exposto?

A decisão de compra acontece antes do movimento do ativo.

Já a aferição dos resultados ocorre a posteriori – não é uma comparação justa.

Para ser bem-sucedido, primeiro precisa de sobreviver.

Prefira tomar como falsas determinadas hipóteses de supervalorização que existem por aí.

04:20 - Advogo por boas empresas

Com esse pano de fundo, advogo para que foque os seus investimentos em ações de boas empresas.

Aquelas que conseguiriam resistir às piores tempestades.

Negócios com comprovado poder de gerar lucros e que tem bons retornos sobre o património investido.

O Diogo mapeou companhias que atendem a estes requisitos e ainda se encontram a preços atrativos.

Pode conhecê-las aqui.

Pedro Gonçalves, Editor-chefe

Pedro Gonçalves foi Portfolio Manager no Millennium Investment Banking. É licenciado em Finanças pelo ISCTE – Business School e mestre em Gestão pela Universidade Católica Portuguesa. Atualmente, é editor-chefe da Empiricus Portugal.