Balde de água fria

Os investidores levantam dúvidas sobre a consistência do ritmo da atividade económica e procuram investimentos mais defensivos. Daí em diante, dia de volatilidade. Será o balde de água fria para a tese de bull market europeu?

Maior Menor
Por 2 de Fevereiro de 2018

.: Bull market europeu
.: Mercado de obrigações
.: Programa de estímulos
.: Vamos a jogo
.: Noite e dia

00:12 - Bull market europeu

As bolsas europeias começaram bem o ano, com os investidores otimistas em relação à retoma económica da região, mas foi sol de pouca dura.

Entretanto, a alta dos juros das obrigações e também os resultados menos favoráveis apresentados por diversas cotadas esmoreceram o apetite a risco.

Os investidores levantam dúvidas sobre a consistência do ritmo da atividade económica e procuram investimentos mais defensivos.

Daí em diante, dia de volatilidade.

Será o balde de água fria para a tese de bull market europeu?

Acho que não.

01:33 - Mercado de obrigações

No mercado de obrigações persiste o sentimento negativo.

As yields alemãs e americanas continuam a renovar máximos perante os receios de que a inflação esteja finalmente a dar sinais de vida.

Convenhamos que uma das razões que leva as pessoas a comprar títulos de dívida (obrigações) é a previsibilidade dos pagamentos.

No entanto, como a inflação absorve o poder de compra de cada euro que recebe de juros no futuro, estes recebimentos vão perdendo valor à medida que a inflação aumenta, logo a sua obrigação terá, naturalmente, de valer menos.

Por isso é que o preço escorrega e as yields disparam (a relação é inversa).


Recomendamos a leitura…

Habemus recomendação

Dia 6 de fevereiro vamos indicar-lhe uma recomendação explosiva que vai fazer com que comece o ano a ganhar muito dinheiro. Um investimento bem feito, na hora certa, pode mudar tudo.


 

02:12 - Programa de estímulos

Mas calma lá.

O programa de estímulos ainda vai durar mais 9 meses e já existem pessoas a falar do aperto monetário.

Pois é, o mercado sofre por antecipação…

De qualquer forma, estamos convictos de que como nos EUA, o fim do QE não será, necessariamente, o início de juros mais altos.

Por ora, o mercado exagera.

Se o cenário não for tão inflacionista, já saímos no lucro.

03:02 - Vamos a jogo

As leituras são contrastantes:

A economia da Zona Euro acelera e o desemprego diminui.

Todavia, muitos europeus continuam sem trabalho e os preços apresentam uma reação débil.

Por isso, tenhamos calma.

As correções fazem parte do jogo.


Termine a sua semana com…

O investimento que o vai transformar em milionário

Descubra aqui aquelas pequenas ações que hoje estão ridiculamente baratas, mas que carregam consigo um alto potencial de explosão em pouquíssimo tempo, e multiplique o seu dinheiro sem paralelo.


 

04:10 - Noite e dia

A nossa equipa de research tem passado as noites de janeiro com os olhos abertos, e os dias também.

Estamos a trabalhar a todo vapor, alinhando 100% as análises aos possíveis cenários de uma nova pernada no mercado acionista.

Sabemos de antemão que apenas um pequeno grupo de empresas será catapultada para ganhos exponenciais.

“Queremos que nossos leitores fiéis tenham acesso às oportunidades ANTES que elas se transformem em lucros”.

Saiba agora quais são.

Pedro Gonçalves, Editor-chefe

Pedro Gonçalves foi Portfolio Manager no Millennium Investment Banking. É licenciado em Finanças pelo ISCTE – Business School e mestre em Gestão pela Universidade Católica Portuguesa. Atualmente, é editor-chefe da Empiricus Portugal.