Dúvidas que matam

Mesmo assim, Pedro Marques, ministro responsável pelo programa disse numa entrevista que o Portugal 2020 é um elefante para partir às postas

Maior Menor
Por 6 de Abril de 2016

.: Psicologia do investidor
.: Teoria do hype
.: Na prática
.: Baralha e dá o mesmo
.: Prefiro adivinhar

00:09 - Psicologia do investidor

Mercados europeus continuam em derrapagem…

Desde que Mario Draghi anunciou o pacote de estímulos (dia 10 Março), o DAX já cedeu 1,6%…

Depois do entusiasmado inicial, veio o balde de água fria…

m5m6abril

Fonte: Investing.com e Empiricus

Se bem se recorda, a perspetiva de mais estímulos monetários foi suficiente para os mercados recuperaram dos mínimos de fevereiro…

Mas depois de a informação estar cá fora, voltou tudo a olhar para os fundamentais… e a coisa não está bonita…

O dilema Mario Draghi exemplifica um dos grandes mantras do mercado: buy the rumour, sell the news…

Que ao melhor estilo Lauro Dérmio seria algo como: compra o rumor, vende a notícia.

01:21 - Teoria do hype

Os preços são definidos pela expetativa, não pelo que já sabemos.

Ora vejamos:

O BCE programou o anúncio de medidas adicionais que prometiam “revolucionar” a economia europeia…

Ninguém sabia ao certo os detalhes, portante os especialistas entraram no reino da especulação…

Criou-se todo um frenesim à volta do tema que alimentou a reentrada dos investidores no mercado…

A tendência de subida manteve-se até à data do anuncio.

02:12 - Na prática

Quando o pacote foi anunciado… podia ter acontecido 1 de 3 cenários:

1. A opinião da crítica é excelente, mas uma reação positiva inicial,rapidamente, transforma-se numa correção… os anúncios raramente conseguem corresponder às expetativas.

2. O pior cenário. As medidas ficam claramente abaixo das estimativas e os investidores fogem para a saída.

3. O anuncio é efetivamente revolucionário e os investidores entram a todo o gás.. este é bastante raro!

Traduzindo para os dias de hoje:

Se na reunião de dezembro aconteceu o segundo exemplo… em que Mario Draghi desiludiu e houve um sell-off (venda generalizada)…

Agora, o desempenho dos índices sugere que estamos no primeiro cenário… efeito inicial positivo… mas a pouco e pouco o mercado começa a duvidar…

03:07 - Baralha e dá o mesmo

No Reino portucalense, o frenesim de programas ganhou mais uma marca:

Programa Nacional de Reformas! São €450M para distribuir já este ano…

Curiosamente, há uma semana atrás, Teodora Cardoso deixou o alerta:

“Cuidado com os subsídios”. A presidente do Conselho de Finanças Públicas lembrou que as consequências dos estímulos à inovação empresarial “nunca são medidas”.

O que quer dizer, qualquer coisa como… que por €100 gastos, nunca ninguém está preocupado com o retorno…

Mas se observarmos o crescimento da economia portuguesa na última década… eu aposto o pescoço que é menos do que os €100 iniciais…

Mais, Comissão Europeia, OCDE e BCE reforçaram que o investimento destina-se sobretudo a países “com margem e onde há falta de infraestruturas”.

Ora, Portugal não sofre desse problema…

Mesmo assim, Pedro Marques, ministro responsável pelo programa disse numa entrevista que o “Portugal 2020 é um elefante para partir às postas”…

Já estou a imaginar quem é vai comer os bifes suculentos…

04:10 - Prefiro adivinhar

Na orla governamental, tudo vai bem e recomenda-se…

Caldeira Cabral, ministro da economia, acredita na subida do rating de Portugal.

Isto no seguimento do rebaixamento do Outlook da Fitch e do aviso da DBRS, que poderia relegar Portugal para lixo…

Joseph Goebbels afirmou um dia que “uma mentira repetida mil vezes torna-se verdade” …

Há quem ainda acredite na teoria…

Pedro Gonçalves, Editor-chefe

Pedro Gonçalves foi Portfolio Manager no Millennium Investment Banking. É licenciado em Finanças pelo ISCTE – Business School e mestre em Gestão pela Universidade Católica Portuguesa. Atualmente, é editor-chefe da Empiricus Portugal.