Lá fora é que eu estou bem

Se o Caixabank comprar a posição da Isabel dos Santos vai ter de fazer uma OPA as restantes ações do banco…E se a angolana está de saída do banco liderado por Fernando Ullrich…

Maior Menor
Por 11 de Abril de 2016

.: Fumo branco
.: Naruto
.: O último Samurai
.: Porque não resultas tu?
.: Minha alegre casinha

00:09 - Fumo branco

Rumor de plano estatal para salvar a banca italiana continua a alimentar as bolsas…

(Supostamente) é hoje anunciado.

Dizem os otimistas que o dia tem 24 horas.

Os realistas dizem que tanto faz.

Os pessimistas já perceberam que de pacote em pacote a banca europeia está de rastos…

FTSE MIB, bolsa de Milão, depois de uma sessão frenética na última sexta-feira, volta a ser a melhor da Europa.

Também ajuda ser a pior do ano (-17% em 2016).

01:12 - Naruto

“Existem sempre os italianos”.

É isto que devem estar a pensar os Japoneses. Não existisse a bolsa italiana e o NIKKEI era o pior índice do mundo.

A este ritmo a coisa está prestes a mudar…

Desde o início do ano, os investidores estrangeiros já retiraram $46 biliões das ações nipónicas…

O super plano do banco central japonês de taxas negativas está a fazer exatamente o oposto ao projetado…

Yen a valorizar, pressão nas empresas exportadoras e deflação.

Ainda não se aprendeu que as forças de mercado adoram fugir ao que é suposto…

02:09 - O último Samurai

Parece que o Abenomics (modelo económico do primeiro-ministro Shinzo Abe) vai cometer seppuku…

Os dados económicos no país do sol nascente, não auguram bons resultados para a medidas de último recurso de Mario Draghi.

Aqui também as taxas já estão negativas…

O euro valoriza (está em máximos do ano) e a inflação persiste em níveis negativos.

O EUR/USD está com cara de quem quer ir testar os máximos do ano passado 1,16…

Mesmo quando (praticamente) todos os analistas apostavam que as medidas do BCE iam resultar na paridade (1 dólar = 1 euro).

m5m11abrilGráfico EUR/USD – Fonte: Bloomberg

Se somarmos a isso alguns indicadores manhosos…

…não admira que as bolsas estejam com performances tão miseráveis.

03:10 - Porque não resultas tu?

As politicas acomodatícias deviam estar a beneficiar o consumo.

Nunca o crédito habitação esteve tão barato.

Mesmo assim os consumidores não saem à rua para gastar essa folga no orçamento familiar.

O problema está na herança de anos de endividamento.

No caso das empresas, o peso da dívida leva muitos empresários a adiar investimentos e contratações.

O que atrasa cada vez mais a expansão do ciclo económico…

04:01 - Minha alegre casinha

O que nos traz de volta ao lar…

Confusão do BPI parece ter chegado ao fim, com os dois principais acionistas a chegarem a acordo.

Se o Caixabank comprar a posição da Isabel dos Santos vai ter de fazer uma OPA as restantes ações do banco…

E se a angolana está de saída do banco liderado por Fernando Ullrich…

…tem a porta aberta para entrar no BCP.

Que, entretanto, voa 7% na possibilidade de entrada de capital fresco.

Pedro Gonçalves, Editor-chefe

Pedro Gonçalves foi Portfolio Manager no Millennium Investment Banking. É licenciado em Finanças pelo ISCTE – Business School e mestre em Gestão pela Universidade Católica Portuguesa. Atualmente, é editor-chefe da Empiricus Portugal.