O tamanho interessa

Invariavelmente, o “tamanho” da máquina estatal está umbilicalmente ligado à dimensão da despesa pública.

Maior Menor
Por 18 de Abril de 2018

.: A máquina pública
.: Miss universo
.: Rating maravilha
.: Clusters
.: O bicho papão do mercado

00:09 - A máquina pública

De forma muito genérica, o espetro político divide-se em dois grandes grupos:

– A esquerda advoga por uma maior intervenção do Estado na sociedade em prol de uma maior igualdade (o que raramente acontece);

– A direita defende o oposto de forma a maximizar a liberdade dos cidadãos.

O que em bom português significa que uns querem um Estado maior e outros querem um Estado menor.

Invariavelmente, o “tamanho” da máquina estatal está umbilicalmente ligado à dimensão da despesa pública.

 

01:17 - Miss universo

Que a política é um concurso de popularidade já todos nós sabíamos.

O que eu nunca tinha visto era o partido de esquerda focado no cumprimento das metas orçamentais ao mesmo tempo que o partido de direita defende défices mais elevados…

Esta é uma novidade.

Felizmente, o Ministro de Finanças finalmente compreendeu a necessidade de reduzir mais agressivamente a dívida de forma a garantir que Portugal possa resistir a uma mudança da conjuntura.

 

02:05 - Rating maravilha

Com as contas públicas (em tese) controladas, os investidores internacionais começam a olhar para Portugal com outros olhos…

Os sinais dessa melhoria são evidentes:

– as yields a 10 anos continuam a renovar mínimas e o tesouro nacional já paga BEM menos que o governo italiano.

– o FMI acaba de rever as estimativas em alta do crescimento do PIB.

– e, por último, mas não menos desprezível, o PSD transformou-se no novo partido de esquerda.

No fim de contas, quando nem a oposição defende a saúde das contas públicas, não sei quanto tempo aguentará o estoicismo do Dr. Centeno.

 

03:14 - Clusters

O mercado financeiro ensina-nos que a volatilidade se manifesta em clusters.

Ou seja, volatilidade gera mais volatilidade, que gera mais volatilidade… acho que já percebeu.

O contrário também é verdade…

Dias de alta consecutivos aumentam a confiança dos investidores e são seguidos por mais dias de alta.

O desempenho do STOXX nos últimos 30 dias é uma ode a essa realização.

 

04:10 - O bicho papão do mercado

Depois de um final de março atribulado, o principal índice europeu encetou uma forte recuperação no início de abril e a tendência é, por ora, ascendente…

Se a earning season continuar a surpreender pela positiva, apenas Trump terá o poder de assustar este mercado.

O que convenhamos não é um risco desprezível.

Mas fique tranquilo, não suspenda o seu merecido descanso.

Estaremos aqui, full time, acompanhando todos os detalhes desta novela.

 

Pedro Gonçalves, Editor-chefe

Pedro Gonçalves foi Portfolio Manager no Millennium Investment Banking. É licenciado em Finanças pelo ISCTE – Business School e mestre em Gestão pela Universidade Católica Portuguesa. Atualmente, é editor-chefe da Empiricus Portugal.