Resoluções

Quantas pessoas investem erradamente o seu dinheiro por pura preguiça? Um detalhe: provavelmente, até incluíram esta mudança de comportamento na sua lista de resoluções de final de ano.

Maior Menor
Por 29 de Janeiro de 2018

.: Surpresas positivas
.: Calmaria antes da tempestade
.: Monstruosa liquidez
.: Cuidado com os exageros
.: Melhores investimentos

00:10 - Surpresas positivas

S&P 500, Dow Jones e Nasdaq: os três índices renovaram na passada sexta-feira as respetivas máximas históricas.

Ainda não alcançámos a primeira metade da temporada de resultados (medindo, não em tempo, mas em número de empresas que já os divulgaram) e, quando tomadas no agregado, as surpresas positivas já ultrapassaram, em larga medida, as negativas.

Das 118 empresas que reportaram, 78,8% relataram lucros acima das expectativas dos analistas.

Isto está bem acima da média de longo prazo de 64%, mas em linha com a média dos últimos quatro trimestres.

01:07 - Calmaria antes da tempestade

Os mesmos que bradam que o mercado está caro, garantem que é um sinal inequívoco da calmaria antes da tempestade.

Para quem está investido, é mais um indicador que as valorizações são para continuar.

Eu, como não tenho uma bola de cristal, fico-me pelo meio: investido, mas com proteção.

Enquanto isso, todos olham para o novo presidente da FED. Apostas de que os juros em março serão elevados, principalmente após os últimos dados, já estão no preço.

Por outro lado, o PIB americano ficou um pouco abaixo das expectativas, o que espoletou apostas no sentido oposto. Enfim, parece-me claro que a dança é dois para a frente e um para trás.

02:01 - Monstruosa liquidez

Sinceramente: vivemos um momento de monstruosa liquidez global.

Os retornos dos ativos ditos “seguros” mundo afora são simplesmente punitivos, portanto o dinheiro flui para apostas mais ousadas.

É o já famigerado TINA: “There Is No Alternative”.

A crença generalizada de que, simplesmente, não existem alternativas é a desculpa perfeita para comprar o que não deve.

Exemplos não faltam.

03:12 - Cuidado com os exageros

Os mercados lá fora seguem predominantemente para cima, ainda na toada dos bons resultados corporativos.

Na Ásia, as bolsas fecharam em alta, naquela que é já a 12ª sessão consecutiva de ganhos. Em 2018, os investidores locais já encaixam 8 por cento.

Mais uma dose. E depois outra. E outra. A festa não pára e os investidores pelo mundo fora previnem-se da ressaca bebendo um pouco mais.

Cuidado com os exageros.

04:01 - Melhores investimentos

Ao longo do último mês, recebemos vários emails deste tipo:

“Gostaria de parabenizar a Empiricus pelo trabalho desenvolvido. Muitas vezes, por puro comodismo, acabamos por investir as nossas economias mal e, no longo prazo, as consequências podem ser nefastas. Espero ansiosamente pelas próximas recomendações!”

Quantas pessoas investem erradamente o seu dinheiro por pura preguiça?

Um detalhe: provavelmente, até incluíram esta mudança de comportamento na sua lista de resoluções de final de ano.

Se faz parte deste grupo e ainda não sabe onde deve investir o seu dinheiro, recomendo-lhe a leitura deste documento.

Pedro Gonçalves, Editor-chefe

Pedro Gonçalves foi Portfolio Manager no Millennium Investment Banking. É licenciado em Finanças pelo ISCTE – Business School e mestre em Gestão pela Universidade Católica Portuguesa. Atualmente, é editor-chefe da Empiricus Portugal.