Sinal intermitente

Estamos a falar de um lugar onde o pisca-pisca das cotações ao segundo incute no investidor a ideia de que pode ganhar dinheiro em pouquíssimo tempo…

Maior Menor
Por 21 de Dezembro de 2017

.: Mais do mesmo de 2017
.: Dinâmica de mercado
.: Para sua reflexão
.: Milhares de erros
.: Deixe correr os ganhos

00:12 - Mais do mesmo de 2017

Quinta-feira com aquela aparência deslumbrante de 2017.

Praticamente todos os índices europeus no verde, ainda que com ganhos pequenos.

Dow Jones caprichosamente acima da marca histórica dos 24.000 pontos e a caminhar para os 25.000.

Já o S&P 500 continua a norte dos 2.600 pontos e o DAX com a mira apontada para novos máximos.

Na dúvida, os investidores fecham os olhos e compram o mercado…

01:33 - Dinâmica de mercado

A dinâmica do mercado acionista é altamente aliciante.

Como fenómeno de massas, não guarda referência com qualquer outra atividade lucrativa.

Estamos a falar de um lugar onde o pisca-pisca das cotações ao segundo incute no investidor a ideia de que pode ganhar dinheiro em pouquíssimo tempo…

Nada podia ser mais enganador.

A curto prazo, as variações da bolsa tendem para a aleatoriedade. Se ganhou dinheiro nesse período de tempo, não fique a pensar que o mérito é seu. Foi sorte.

02:06 - Para sua reflexão

Ganhar consistentemente durante vários anos é o verdadeiro objetivo.

Nesse sentido, as suas decisões não podem ser tomadas com base em notícias do momento, deve sempre apontar a um horizonte mais longo.

A sua paciência será testada todos os dias. Não é à toa que Warren Buffett definiu o mercado como o mecanismo de transferência de dinheiro dos impacientes para os pacientes.

Além disso, é obrigatório fazer o trabalho de casa. Deve avaliar os seus investimentos de forma regular.

“Esta é a melhor carteira que podia ter hoje?”

E não vale a pena apegar-se aquela ação que já caiu 50%.

03:09 - Milhares de erros

Este viés cognitivo está bem documentado pelas finanças comportamentais.

Se nos acompanha regularmente, já ouviu com certeza falar de “custo afundado” (sunk cost).

Barber e Odean estudaram o comportamento de milhares de investidores particulares.

Na sua investigação, os investigadores da faculdade de Berkeley mostraram, por A mais B, que o apego ao passado impele as pessoas a tomarem decisões financeiras ruinosas e irracionais.

Identificaram um procedimento especialmente pernicioso: em média, as pessoas realizam os lucros muito cedo e perdem boa parte da valorização de um ativo.

04:02 - Deixe correr os ganhos

Em contrapartida, conservam por mais tempo do que deveriam posições perdedoras.

Temos uma tendência de resistir à realização de um prejuízo.

Se determinada ação não é a melhor que pode ter, não fique preso a ela!

Realize o seu prejuízo e parta para outra.

Ganhar 30% com uma nova ação é rigorosamente a mesma coisa do que recuperar 30% na ação antiga.

Pedro Gonçalves, Editor-chefe

Pedro Gonçalves foi Portfolio Manager no Millennium Investment Banking. É licenciado em Finanças pelo ISCTE – Business School e mestre em Gestão pela Universidade Católica Portuguesa. Atualmente, é editor-chefe da Empiricus Portugal.