Aquisição hostil

Voltar

Um M&A é um processo complexo, no qual a aquisição pode dar-se de duas formas – de maneira amigável ou de maneira hostil.

Na forma amigável, o comprador faz uma oferta ao conselho de administração da empresa-alvo, que depois faz uma recomendação aos acionistas.

Na forma hostil, o comprador faz a oferta diretamente aos acionistas, ignorando o conselho. Os próprios acionistas decidem o que fazer com as suas ações.

A diferença é enorme. Quando uma empresa é comprada, a direção e o conselho podem ser substituídos. Assim sendo, os cargos de conselheiro e diretor ficam em perigo caso não tenham o melhor interesse dos acionistas em mente.

Normalmente, os M&As começam de forma amigável para então se tornarem hostis, em caso de recusa do conselho. Afinal, quem manda realmente nas empresas são os seus acionistas.

  •  
  •