Derivados

Voltar

Ativos que derivam de outros ativos. Basicamente os preços dos derivativos dependem dos preços de outros ativos.

Os derivados podem basear-se em ativos de dois grandes segmentos: físicos (petróleo, milho, soja, ouro…) ou financeiros (ações, títulos, moedas…).

Os derivados são, normalmente, criados e negociados com prazo de vencimento, quantidade e valores específicos e definidos antes da compra.

Por exemplo, as variações de preços do petróleo que vemos são, normalmente, de contratos específicos de entrega de um tipo de petróleo (Brent ou WTI), em quantidade determinada, numa data e porto específicos.

No caso de contratos financeiros, temos opções de ações que são de compra ou venda (calls e puts), negociadas sobre ativos específicos (GALP, EDP, JMT, SAN), possuem preço de exercício (strike) e data de vencimento.

  •  
  •