Finança comportamental

Voltar

De acordo com a teoria financeira convencional, o mundo e os seus participantes são, na sua maior parte, seres racionais que procuram a “maximização da riqueza”.

No entanto, existem muitas situações em que a emoção e a psicologia influencia as nossas decisões, fazendo-nos comportar de forma imprevisível ou irracional.

A finança comportamental é um campo relativamente novo que procura combinar a psicologia comportamental e cognitiva com a economia convencional para descobrir o que leva as pessoas a tomar decisões financeiras irracionais.

  •  
  •